Arquivo da tag: Casa de Quem!

vc já deu aula na escola sp, né? como é ser professor?

Nunca dei aula na Escola SP, eu dei aula na Casa de Quem?, que hoje não existe mais. Foram experiências muito muito legais, que inclusive te obrigam a pensar melhor no que vc faz (as aulas eram de jornalismo de moda). Claro que quando vc vai falar com alunos, vc precisa dar conta de explicar pq fazer assim e não assado, justificar o seu trabalho, dizer o que vc acha bacana de jornalismo de moda e principalmente falar o porquê. Então é um bom motivo pra refletir vc mesmo, pensar bem no que vai dizer na aula. Eu adoro!

Ask me anything

Anúncios

Vem fazer curso, vem!

Agora juro que é verdade:

convite-curso-jornalismo

Gente, não adianta pedir pra se inscrever por aqui, tá, tem que ligar lá ou mandar e-mail!!! EEEE! Eu reclamo mas no fundo eu adoro dar curso, porque é uma oportunidade pra eu falar o que penso até cansar!

E o figurino está pronto!

(ou praticamente pronto – só falta a barra!)

Fazer figurino de teatro é difícil. Esse foi um pouco mais complicado, porque tinha um pouco de dinheiro e as meninas optaram por produzir mesmo. Imagina: eu, jornalista, desenhando roupinha? Bom, aos trancos e barrancos e com a ajuda abençoada da Monayna e do Mario na produção (Casa de Quem crew!), o lance rolou bem e eu fiquei bem feliz com o resultado!
É engraçado fazer figurino porque você não pode pensar só na montação, ainda mais nas peças com a Verô na direção, que geralmente tem muito movimento. Funcionabilidade total. E o pior é que eu queria dois macacões – e macacão, meu bem, é a peça mais complicada que tem. Se o cavalo está muito pra baixo, fica feio quando a pessoa levanta a perna; se o cavalo está muito justo, pode rasgar quando a pessoa fica de cócoras. Um drama. ENFIM, eu acho que ficou bem bonito, bem o que eu queria, diferente e ao mesmo tempo afastado da ideia de mulherzinha que uma peça de Clarice Lispector pode sugerir. Não tem rosa, não tem saia, não tem vestido, não tem babado, e ao mesmo tempo tem uma feminilidade e é divertido sem ser lúdico demais.

Mas vocês que me dizem, né? Corre pra comprar porque vai acabar rápido: são poucos lugares, já que a peça só comporta uns 20, 25 espectadores por apresentação!

Ó!

Faz meu curso? Beijos!

Instigâncias ursônicas

Prometi a mim mesmo que não ia aprontar, já que ia trabalhar hoje.
Dei uma passadinha na Casa de Quem!, até passei no cinema para ver o que estava passando mas decidi “não. Vou dormir bem bonitinho, logo após a novela”.

Aí a mão coça. Coça. Coça.

Aí quando eu bebo…
eu vou parar na Ursound.

SIM.

Genial.
Eu já tinha ido na Bearland, mas a Ursound é muito mais divertida.
Tem buffet de comida (juro, no meio da balada), tem homens bonitos (assim, para quem não gosta de homens depilados tem homens bonitos), e tem ACE OF BASE!
E todas as outras músicas que eu adorava escutar na década de 90! Foi como ter dezoito anos de novo!

REALMENTE FOI COMO TER DEZOITO ANOS DE NOVO, ACREDITE.
Recomendo. Ao menos, rolam risadas.

E adivinha com que camiseta que eu fui?

der-metropol-urso

Eu tinha que agradar de algum jeito!
Foto do Chic.

Casa de Quem!

O curso de Jornalismo de Moda na Casa de Quem! foi bem legal e o destaque foi a aluna Bruna – eu devia ter tirado a foto dela.
Certeza que essa menina é a nova Victoria, gente, ela está no terceiro colegial e estava usando CHAPÉU PANAMÁ!
“Não sei se eu faço moda ou jornalismo…”
E eu, óbvio: “Jornalismo, boba”.
Porque todos sabemos que de boas intenções e estilistas o mundo está cheio.

Fotinho de sábado:

Eu e o Aurélio – justo ou sarouelzão?

Outra novidade da Casa é a loja on-line: adoro! Demorou, né? Vai lá comprar!

Ops, desculpa

Não se inscreveu? O problema é seu!