Arquivo da tag: Gloria Kalil

Janaína, I love you

Pra matar a saudades dela, posto aqui um vídeo muito especial com dona Gloria.

Pra saber mais sobre essa garota muito legal, visite Agora que sou rica. Jana, uma pessoa desconhecida já perguntou de você aqui! Vamos contabilizar, beijos!
(obs.: aquela prenda ainda não foi pro mar, vou ver se cuido disso amanhã)

Leitorinhos, tô superatribulado, depois eu conto do que gostei do Rio Moda Hype!

Anúncios

Patti, meu amor

Três motivos para esse vídeo:

Patti Smith já usava o chapéu coco que Gloria (Kalil) diz que é a nova onda.
Eu amo essa música.
A Gianetti que me mandou, offline, no GTalk, não sei porquê. Só o link. Vai ver ela percebeu que eu estava sozinho aqui na redação.

Gíria do momento

Não, não é mára. Aliás, acho mára bem travecão demais, nunca usei – e pouquíssimos amigos meus usam, portanto NÃO É A GÍRIA DO MOMENTO, nem vem.

A gíria do momento é…
VAMO QUE VAMO.

Jana usa. Eu uso. Fabia Bercsek usou no fim de um e-mail para Jana. E Regina Guerreiro usa logo no começo do seu texto para a TNG de inverno 2009 (ela usa a versão formal “vamos que vamos”, mas vale).

E VOCÊ, JÁ TÁ USANDO VAMO QUE VAMO?

ATUALIZAÇÃO: Gloria Kalil usou “vamo que vamo” na reunião de pauta do Chic de hoje. JÁ É.

Fui em duas palestras do Pense Moda, já

Mas meus textos estão fracos. Sério! Não vou linkar aqui.

Só queria ressaltar três coisas:
“Brasil não tem marca de moda conhecida no exterior” – Gloria Kalil
“Essa discussão sobre brasilidade está ultrapassada, a última vez que se discutiu isso nas outras áreas foi na década de 60” – não foi exatamente com essas palavras, Alcino Leite Neto
&
Calypso é vida, Brás adora um paetê com bordado com estampa com frango com tudo dentro e o Brasil está mais para Ropahara que para Versace, DESCULPA-AE.

E agora deixa eu procurar notícia de moda de famoso porque dá muito mais clique que o desfile da Balenciaga! Tchau!

Não, também não fui eu

Depois da Alê ter colocado o post do SPFW que todo mundo está comentando no Twitter dela e ter dito que tem gente que está perguntando se foi ela, achei melhor também dizer – não! Não fui eu!

Como diria a Mo: “imagina, meu chocho é mais elegante”.
E eu nunca diria essas coisas da Gloria, como assim?

O caso é que três pessoas vieram me perguntar em dez minutos se tinha sido eu e achei melhor responder para as que não perguntaram mas pensaram. Beijo, tchau!

Sandália com meia pode?

Gloria Kalil responde: pode.


No meio, Jill Stuart, nas pontas, 2nd Floor: tudo verão 2009

Falando nisso: por que o desfile da 2nd Floor foi TÃO legal e o catálogo é tão… tão… nhé? Nossa. Eu praticamente me senti enganado!

Pergunta para a Gloria

Ou “eu perguntaria se ainda trabalhasse com ela”
Ou ainda “Carol Vasone também não sabia e também se perguntou”

Fui no evento do MorumbiShopping hoje – lançamento da segunda caixa dos livros de moda brasileira da CosacNaify, que aliás é muito bacana assim como a primeira. Essa segunda tem Lenny, Marcelo Sommer, Reinaldo Lourenço, André Lima e Clô Orozco (a primeira tinha Walter Rodrigues, Ronaldo Fraga, Alexandre Herchcovitch, Gloria Coelho e Lino Villaventura).
Os estilistas estavam lá autografando os livros.

Mas espera.
Não é o autor que devia autografar? Ou o objeto de estudo do livro?

Juro, fiquei sem saber. E no fim comprei o livro mas não pedi autógrafo nenhum.