Arquivo da tag: Alexandre Bezzi

Recadi pra Bezzi

piu music from djmulher on Vimeo.

Bezzi, chami a genti pra toccari piu music ni primeri notti gai-hetteri di san paoli.
Grazzi.
Si issi ni é amori, io ni sei o chi eri.

Anúncios

Amo Molly Ringwald + que dólar

Tudo que eu queria hoje era rever Gatinhas e gatões.

Mas tudo bem, eu me contento com qualquer comédia romântica com Drew Barrymore. Pode ser até ET.

Eu lembrei de Molly por causa desse post incrível do Bezzi com um vídeo homenageando John Hughes. FODA!!!

Tá bom, vai

ultra_cider

Quando eu for pro Japão eu trago procê, Bezzi.
Aliás, eu preciso falar com você!

Via Tokyo Times.

Eu odeio memes

Mas a Jana me obrigou e agora vou ter que fazer. RAIVA. Eu devia contar “Odeio memes” como uma das coisas que vocês não sabem sobre mim. Mas tudo bem, a minha vingança será revelar coisas BIZARRAS sobre mim e deixar todo mundo com a PULGA ATRÁS DA ORELHA, querendo saber se é verdade ou não.

A receita:

– Linkar a pessoa que te indicou;
– Escrever as regras do meme em seu blog;
– Contar 6 coisas aleatórias sobre você;
– Indicar mais 6 pessoas e colocar os links no final do post;
– Deixar a pessoa saber que você a indicou, deixando um comentário para ela;
– Deixar os indicados saberem quando você publicar seu post.

Seis coisas que vocês devem saber sobre mim:
1- Apresentei-me para o exército em Vargem Grande Paulista. Além de mim, no meu juramento a bandeira tinha mais uns quatro caras. Fui eu quem segurei a bandeira.
2- Eu já trabalhei no Instituto Socioambiental. Tem meu nome em uma das publicações deles. Foi durante esse trabalho que descobri que tinha sido chifrado – só fiquei sabendo depois de um ano. Lembro de pensar sobre o assunto na máquina de xerox.
3- Regina Guerreiro já me chamou de feioso. E também já elogiou minha roupa umas três vezes – eu perguntava: “Regina, por que você está me elogiando tanto? O que você quer?”. Ela me chamou de bestalhão e depois, me chamou de feioso porque eu não gostava quando ela me elogiava!
4- Já tive uma coleção de duendes e gnomos. Eram mais de quinze, fácil fácil. Levava em média uns SETE para a escola, todos os dias, e eles ficavam sentados na minha mesinha. Tem gente que estudou comigo e lembra disso até hoje.
5- Meu primeiro amor era londrino, e como vários londrinos ele não tomava banho. Ele tinha mais de 2 metros de altura, olhos claros e cabelos loiros. Depois dele, nunca mais beijei ninguém com mais de 1,90, nem nenhum loiro. Só beijei dois advogados de olhos azuis. Vem daí o meu trauma de pensar que NENHUM LOIRO DO MUNDO vai me achar interessante, NUNCA.
6- Na verdade essa última vale por seis: eu já tive um caso com um homem que hoje está na cadeia. Você conhece, todo o Brasil conhece, os crimes que ele cometeu foram assunto de jornais e mais jornais. Mas não, ele não cometeu nenhum crime contra a minha pessoa.

Pronto, essas são as coisas que ninguém aqui sabia e agora todos sabem! hahaha

Quem tem que responder é:
Bezzi, que deve ODIAR um meme como eu.
Gutierrez, que deve ODIAR um meme como eu.
Monayna, apegada!
Beatriz, a Redatora do Barulho.
Fran, que me deve uma hóstia.
Kaori, porque estou com saudades!

Ufa. Acabou.

Tava quase esquecendo!

sexta-esquenta

VAI LÁ
amanhã, 19.
Rua dos Ingleses, 182
R$ 15,00 de entrada (sem lista) ou R$ 20,00 de consumo (lista)
Para lista: djbezzi (at) gmail (dot) com

Não sei o que vou tocar. Não sei nem como estou vivo hoje.

Meus amigos são um barato

Sugestão da Fran no blog dela: uma maneira de mostrar que você não ligou quando a pessoa não gostou… de acordo com o pequeno gênio Maísa.

E o Bezzi me fez o favor de publicar no Duo de Dois uma versão incrível de uma das minhas músicas dos anos 80 preferidas: Talking in your sleep. A versão nova é do Anoraak. A versão original é do The Romantics.
Vai lá no Chic ouvir.

Uma das músicas que pretendo tocar na quarta


quando o Bezzi não estiver olhando.
PATTY PRAVO, STUPENDA!
Tata, vamos fazer performance???