Arquivo da tag: Eduardo Viveiros

tu tá namorando ou anda de affair com o Viveiros?

eu estou namorando. o eduardo é meu ex e é um dos meus melhores amigos.

Ask me anything

cenas da década passada e uma foto que comprei nessa década

(mas oh, por que eu estou voltando ao passado,
acho que é só saudade de ver alguém dormindo quando o dia está amanhecendo)

tinha muita raiva dela.
ela era grande, pesada, preta e obsoleta.
não a entendia muito bem,
e ele a entendia, porque na verdade não era questão de entender,
era brincadeira do acaso,
e naquela época eu não sabia muito bem brincar com o acaso,
eu sabia brincar de dublar uma música cafona ao lado de uma menina loira e grisalha.

aliás, isso eu sei até hoje.

hoje
(exatamente hoje)
eu sei que na verdade minha esperança era ser uma smith de um mapplethorpe
mas eu só chegava a no máximo uma fernanda abreu mal sucedida
e mapplethorpe
– que eu sempre falo mappletorphe não sei o porquê –
não era dos acasos,
pelo contrário.

e depois eu vi galinhas sendo criadas no quintal da frente daquele lugar outrora tão charmoso mesmo mofado,
tão charmoso misterioso,
tão estranhamente cruelmente próximo de alguns anos da minha vida e,
bem,
galinhas,
engordei,
quis ser hippie,
e depois mas antes disso eu mesmo quis ser mapplethorpe
e depois ele teve o seu mapplethorpe momentâneo
que estava mais pra goldin mas também já tinha um mapplethorpe dentro de si
e bem depois eu quis ser,
quase exatamente nessa ordem,
abreu (o escritor, não a cantora)
hilst
denser
hall
singer (o judeu, não a profissão)
– lispector não, nunca quis ser lispector, nunca tive alma de dona de casa –
masina (quis um pouco, não quis muito)

enfim quis ser muita coisa
até que lembrei que eu podia ser eu mesmo e a década acabou,
o grande dragão dourado não arrancou a cabeça de ninguém,
não morri de catapora morando sozinho,
não vi um ET,
viva drew barrymore
que viu o ET e hoje faz comédias românticas.

Fim da década passada.
Veja bem, esse texto não fala de amor, esse texto fala de arte.
Nessa década, comprei uma foto daquele lugar feita por Goldin,
ela tem um colchão e o sol bate no colchão.
Ninguém dorme no colchão.
Custou R$ 1.
Fim.

Obs.: vou escrever o nome do Ricardo aqui depois do fim porque caso contrário ele se sentiria muito triste se um texto meu sobre o sobrado não incluísse seu nome. Ricardo Domeneck. Pronto, agora inclui.

Jorge, para de fazer campanha contra calças coloridas pros seus leitores por causa do Restart? Fala que é legal, e que calça vermelha é SUPER elegante.

Desculpa, gente, pergunta pra mim e pro Eduardo e aí tira uma média, tá? (eu não acho que calça vermelha é elegante, mas como vcs podem ver ele acha… prefiro calça azul, acho bem mais chic. enfim, quem trabalha no chic é ele hahahaha)

Ask me anything

tô numas de usar lápis vermelho no olho pra sair a noite, ando meio revolts (tipos, em baixo/dentro, nada muito gritante) que cê acha? (sou meninO)

Ah, qdo o Eduardo usava eu achava engraçadinho. Sei lá, como é o resto da roupa? Fica um look meio "tô doente", né?

Ask me anything

Um sábado bem fashionista

Tenho notícias do mundo Caminho Dourado da moda pra dar pra vocês.

A 1ª: eu sou o mais novo dono de um par de botas de cano longo da coleção de outono-inverno 2010/11 de João Pimenta.
Lindas. Vou dormir com elas depois de acabar esse post. A gente tá namorando.

A 2ª: gostei da coleção do Sergio K pra C&A. Os jeans estão bem legais, as camisas xadrezes (a de gola e a de capuz) são ótimas e o resto, pra quem gosta do estilo Sergio K de se vestir, também está muito muito bom. É ótima essa iniciativa da C&A porque os homens são muito muito muito carentes de coisas bacanas em lojas de departamento (e desculpa, C&A, eu geralmente prefiro a Renner, ops). MAS mandou mal ao colocar K+ como o símbolo da parceria… Oi, Jil Sander? +J? Não precisava, né? Podia ser, sei lá, S&K, S.K, que fosse qualquer coisa, mas ficou muito parecido com o nome da parceria da Jil com a Uniqlo.


A camisa, por R$ 69,90 – veja mais peças no Blog LP

A 3ª: já viu a Isabeli Fontana de cera na porta de TO-DAS as C&As? É tipo pra tirar foto do lado. Achei assustador e em seguida amei.

A 4ª: a Renner continua ótima mesmo. Comprei uma camisa xadrez mendiguista, uma outra bem countryzinha gatucha, e uma jeans.

A 5ª: a liquidação do João Pimenta também está ótima. Deixei lá porque não coube: um casaco de pele fantasia lindo marrom, tipo moletom de zíper, e uma calça de linho azul clara. Fica a dica, Eduardo!

Bom, deu pra perceber que eu estou falido?

Pergunte a @antoniapettaoficial #1

Esse é o 1º Pergunte a @antoniapettaoficial! Você pode enviar a pergunta por twitter ou nos comentários do blog e o oráculo pettiano responderá pra você! Um amor! Confira as primeiras respostas dessa entidade:

1) Sou mãe de primeira viagem. Como troco fraldas em banheiro de buatchy, com pouca estrutura?
Enviada por Janessa Camargo
Deixe-o na chapelaria. Afinal, se você ainda não conhece Melissa Depeyre, certamente o usou pra evitar as filas da balada.

2) Simony e Leandro do KLB querem entrar pra política, o Brasil tem jeito?
Enviada por Marcelona
O Brasil não tem jeito, mas tem jeito de Simony e Leandro do KLB entrarem na política, sim. Marcelinho Carioca é pré-candidato a uma vaga de deputado federal pelo PSB.


Bunita!

3) Que dia acaba o ramadã esse ano? Eu preciso saber pra comprar minha passagem.
Enviada por Bia Bonduki
Não tenho a menor ideia do que você está falando mas eu adoro passagens.

4) Por que sempre gostamos de quem não gosta da gente??? Isso é carma???
Enviada por Saymon Augusto
Não. Carma é outra coisa. Isso é coisa de CRIANÇA DE APARTAMENTO! Que RALAVA O JOELHO NO CARPETE!

5) A verdade está lá fora? Se não, você sabe onde tá?
Enviada por Eduardo Viveiros
Não lembro, já encontrei a verdade mas depois a perdi junto com a minha comanda e um maço de cigarro CHEINHO.

Rio Moda Hype – o que a gente quer

Do mesmo jeito que eu fiz da Casa de Criadores há pouco, vamulá?

fernanda-yamamoto-verao-2010
Eu amei essa coleção da Fê Yamamoto, apesar dos problemas que ela teve – ela me contou que 4 looks não entraram na passarela. O que eu mais gostei de tudo foi esse tricô com estampa de tangram e dos acessórios, que mais uma vez são ótimoooos – uns peixes de acrílico, são o máximo. Eu tenho dois acessórios da temporada passada, e um tipo MORA no meu pescoço, ele é metade de metal e metade um fio de plástico transparente, então parece que o colar tá flutuando! É incrível!

lore-verao-2010

ADORO esse gatinho que apareceu na estampa da Lore, o Manekineko. Neko = gato, Maneki deve ser algo tipo sorte, boa fortuna, whathever. A crença diz que o Manekineko atrai dinheiro (na verdade, depende da patinha levantada, a esquerda é pra atrair cliente, a direita atrai dinheiro). É comum ver uma escultura do gatinho em estabelecimentos comerciais japoneses em geral. Mas eu gosto dele porque ele é fofo, mesmo! A Lore podia fazer uma camiseta só com o Manekineko! Milhares de Manekinekos! Em camiseta, em calça, em tênis, em mochila, em cueca! Eu compraria tudo!

Infelizmente a marca só faz roupa feminina. Droga.

butch-verao-2010
ESSA MOCHILA É TUDO! Da Butch!

alisson-rodrigues-verao-2010

Eu nunca usaria tudo isso junto – isso é uma coisa que, tipo o único cara que trabalha no Chic fora o fotógrafo faria.

hehe

Mas eu gosto dessas peças do Alisson Rodrigues separadamente, bastante! Menos a bermuda ciclista ou legging ou sei lá por baixo, que isso também é coisa de Eduardo.

E afinal, se escreve Alisson ou Allison? Em cada lugar vejo de um jeito.

jotade-verao-2010

Reconheceu?! É Jules e Jim versão Jotadê! Amei! Pena que eu não gosto de pólo, senão ia querer usar!

Tinha um vestido da Ursula Felix que tinha paetê preto nas costas! Era incrível, não achei foto – mas acho que Jana merece um.

rgroove-verao-2010

PAREM DE FAZER PÓLOS! E mandem um desses coletes pra minha casa! C’est R.Groove.

Bom, então, resumindo: não gostei muito do Rio Moda Hype não, viu? Seleção bem média, tipo tirar leite de pedra.
Fotos: Charles Naseh – Chic.