Arquivo da tag: Paris Hilton

Antes de Paris Hilton

Existe outra herdeira muito mais causadora.


Patty Hearst (aqui, na música de Stereo Total)

Tô adorando.
Patricia é viva até hoje, com 54 anos.
E essa, benzinho:
 
é a filha de Patty, Lydia Hearst-Shaw.

Totally hot

Ai, Paris. Quando eu acho que não estou mais te curtindo tanto, você me surpreende. That’s why I love you.

Tipo filme do ano para o Caminho Dourado?

Odeio quando críticos de música dizem que o álbum que foi lançado em fevereiro JÁ É O DISCO DO ANO, ou quando o filme blockbuster das férias de verão dos EUA (ou seja, julho) é O FILME DE 2008.
Porra, o ano mal começou.

Mas… ops, falha nossa. Eu já acho que Bitch Slap vai ser o filme do ano para mim – e o sempre amigo Cult Sirens que me avisou.

Filmes Exploitation são muito bacanas. É por essa coisa garotas-poderosas-armadas-muito-sangue-diversão que eu gosto, por exemplo, de Pink Violence (todo mundo fala Pinky Violence, mas me incomoda esse “Y”, acho nada a ver com o gênero hahaha). O Bitch Slap é meio que uma recriação de tudo isso. Vai um pouco na onda de Tarantino e Robert Rodriguez, mas me parece mais trashzão assumido, mesmo. O diretor, Rick Jacobson, já dirigiu episódios de Xena, a princesa guerreira, Baywatch (o nosso S.O.S. Malibu), La femme Nikita (a série)… essas coisas bacanas que só a gente sabe dar valor.

A história, pelo visto, não tem muita firula no seu cerne: três garotas perigosas precisam tirar uma grana preta de um chefão do submundo e “se metem nas maiores enrascadas”. A minha preferida por enquanto é a Trixie, stripper de vestidinho curtérrimo & douradérrimo. Pelo visto, a sua intérprete Julia Voth nunca fez nenhum filme antes desse… a não ser Repo! The Genetic Opera, que vem a ser o filme em que Paris Hilton CANTA & INTERPRETA e que eu não assisti, mas já gostei. Em Repo!, Julia faz… uma voz! Não é ótimo?!
“Eu sou aquela voz da cena 27!”

Pausa em homenagem à Paris Hilton em Repo!, tomando uma injeção na virilha.

Ê, maravilha.

A gente também já ama Mortimer Gage, que é péssimo – mas a gente gosta de cafajestes, como sabe o sábio Stan Lee (amamos Wolverine, casamos com Ciclope). No caso, substitua “amar” por “temos tesão em”. Gage é interpretado por um ator mais conhecido: Michael Hurst. Não sabe quem é? Pois ele é super conhecido… em Nova Zelândia. Sério, o cara é inglês mas cresceu na Nova Zelândia. E ele é o Iolaus, sobrinho do Hércules, e Charon – ambos personagens mitológicos que apareceram nas séries sobre Hércules… e Xena, claro. Ou seja, o cara é ótimo. Ele também fez a voz de um vilão do Power Rangers, o que pode exigir muito do seu talento dramático. Aquelas vozes são horríveis!

E também amamos Black Ice, mas isso só demonstra a nossa queda por dreadlocks e não existe nenhum outro motivo específico que nos motive a gostar desse personagem coió.
Scott Hanley, o “intérprete” de Black Ice, também estréia nas telonas com Bitch Slap. Não quero dar opiniões sobre o que ele fazia antes pois não gosto de processos criminais.

Como todo bom Exploitation, ainda não existe a figura do figurinista nos créditos do filme, que deve estrear em dezembro de 2008 nos EUA. Mal posso esperar.


O trailer! Gente, são tantas emoções… tem até lesbianidades!

Por favor, compareça ao site oficial do filme e concorde comigo.

No more bad times / only glad times / in the good life

Paris Grey, ME EMPRESTA O CHAPÉU!
Sim, ela se chama Paris, tal qual nossa amiga Miss Hilton.

Esse é um vídeo mais recente de Inner City:

Se liga no PAETTY.

Bom, bem se vê que Good Life é bem melhor.
Tô dizendo que os anos 90 não saem mais de mim. Se bem que essa é anos 80. Mas ela é tão visionária que já soava como ROBIN S!


HAHAHA ADORO! What I need is somebody / who really caaaareees!

Eu quero muito assistir

The hottie and the nottie
Ok, ignorem a diagramação visual primorosa dessa merda.
E confessem: deve ser o melhor pior filme do próximo mês.

E a Bia também quer ver, que eu sei!

CONFESSA, BIA!

The bitch said yeah

Mais sobre a visita de Paris na Berlin Hilton:

Diz que a fofa chegou às cinco da manhã e já subiu pra pista, e os dez seguranças dela ficaram impedindo o povo de ir junto. Um dos convidados ganhou dois dedinhos quebrados e outro foi jogado no chão e imobilizado – fofo, né?
Aí a loira ficou lá, dançando, lépida, e dizia no ouvidinho do DJ:
Play my friend Britney“.

RISOS. Será que ela dançou Piece of me?!
Já pensou se ela pedisse “play my songs“?!?
O DJ se negaria, aposto.

Detalhes tão pequenos de nós dois
E onde estava o Ricardo nesse tempo todo?
Tietando a patricinha mais famosa do mundo?
Não.
Ricardo estava em Barcelona lendo poesia para o embaixador da Alemanha.
Pois é, Ricardo não estava presente no dia em que a Berlin Hilton recebeu Paris Hilton.
LOSER! HAHAHAHA

Hello, this is Berlin Hilton

ParisHilton3
Essa é Paris Hilton.
ParisHilton2
Ela manda oi da festa Berlin Hilton.
ParisHilton1
Isso mesmo, ela foi na festa do Ricardo lá em Berlim.

q?

Ó, dúvida cruel

Ele já catou Paris Hilton…
ParisNiarchos

Mary-Kate Olsen…
MaryKateNiarchos

e Lindsay Lohan.
LindsayNiarchos

A gente acha Stavros Niarchos III comestível?
Afinal: o que é que o grego tem? (além do churrasquinho e de muitos dinheiros na conta)

Niarchos
A barba é sexy, mas rolava uma aparadinha nos pêlos nasais?

Para situar: a família Niarchos e a família Onassis são rivais. Mas como você pode perceber, a família Niarchos é mais bonita.

 

Meus sonhos se tornaram realidade

Eu obviamente nunca senti desejo sexual por Paris Hilton.
Mas não porque ela é uma porca. Eu só não tenho desejo sexual por ela porque ela tem um buraquinho ao invés de uma cobrinha. Acho a Paris Hilton divertidíssima e nunca escondi isso de ninguém, TÁ?

Mas agora, gente… AGORA EU TÔ APAIXONADO PELA PARIS HILTON DE CALÇAS.

Conheçam… Barron Hilton II, o irmãozinho fofo de Paris.

BarronHilton

Obs.: ele podia se chamar Toronto, ou Madrid, ou quem sabe Bangkok?!

Ah, não!

ParisHepburn

Caralho. Paris Hepburn NÃO ROLA.
Paris, tira isso e vai colocar a sua roupinha da Donna Karan!
VAI! TÔ MANDANDO!