Arquivo da tag: Torre

Será que vai vender na Casa de Quem!?

Aí, né, CRÁSSICO. Vamo falar da CdC.
Como eu já falo sobre os desfiles em geral no LP, aqui eu vou falar o que EU QUERO COMPRAR. Ou o que a Jana deveria comprar. Enfim.

cdc-ononooNONO: Ad, quero a camiseta branca com estampa vermelha e preta e o sarouelzão rosa xadrez! Quanto tá? Aceita Visa? HAHA

cdc-walerio-araujoDo Walério Araújo! Achei um dos melhores looks do desfile! A Jana merece ter um desses!

cdc-andre-phergomO melhor look do André Phergom era… o do próprio André Phergom! Juro, eu achei! Ele é gatinho, então isso também ajuda. Mas a sarouel jeans que ele estava era o máximo! E a camiseta listrada também é ótima, bem feitinha, você não achou?

cdc-divaAchei fofo o fim da Diva! Adoro a Samira! Não foi fofo?? ÓUN!

cdc-no-hay-bandaSaia ótima da No Hay Banda!

cdc-gemeasRock cigano: Gêmeas, obrigado, a gente quer tudo. Gostei particularmente dos coletes! Muito! Vou poder usar uns desse tipo e ninguém mais vai me chamar de hippie, vão me chamar de roqueiro! Se bem que eu vou usar de Havaianas, então talvez não adiante nada.

cdc-rober-dognaniAchei bem bom o Rober Dognani. Esse tecido reflexivo, refletivo, sei lá como se chama, sei que é incrível. Ele aparecia todo brilhoso e iluminado, ia chegando perto e ia ficando… cinza. Simplesmente cinza. Na foto ele fica assim por causa dos flashes. O Rober Dognani é ótimo. Se eu fosse mulher, e magra, e não fosse cigana, metade do meu armário seria Rober Dognani. Sério. Fora que eu adoro falar o nome dele inteiro, porque falar Dognani é muito legal! E ele é bonito! Eu sou do tipo que acha importante o estilista ser bonito! HAHAHA Brincadeira!

cdc-addAdoramos conjuntinho xadrez colorido! Esse é ADD!

cdc-geraldo-coutoGeraldo Couto é cigano. A gente já estava apaixonado antes mesmo de ver o desfile em si. Tipo veludo de malha, que não esquenta tanto, pro verão! Tipo de rica mesmo, né? E os turbantes? Viúva Porcina tomando café da manhã, disse a Aurinha! Eu acho que a Jana devia ir com um vestido do Geraldo Couto hoje na Torre! Mas o de paetê preto, porque o veludo vermelho é muito dia. HAHAHAHAHA

cdc-purpurePurpure é uma marca que me deixa triste por eu não poder usar maiô.
Tá, eu sei que no fundo eu posso, mas vocês entenderam.
Adoro o Weider comentando as críticas que dizem que é impossível usar esse maiô, que não existe onde usar. “Não tenho culpa que você não é convidada pra festas incríveis!” – HAHAHA ADORO, eu acho que Antonia Petta deveria usar um desses na piscina do Copacabana Palace no próximo Fashion Rio tomando um drinque comigo!

cdc-jadson-raniereSou suspeito quando o assunto é piratas. Sou apaixonado por piratas. Antes mesmo de Jack Sparrow. Então, resumindo, eu quero usar tudo.

cdc-arnaldo-venturaArnaldo Ventura, você é incrível. Como a gente não sabia disso ainda? Medalhas ciganas nos interessam. Essa capa de paetê, então… Será que homem pode usar?

cdc-danilo-costaEu sempre sonhei em usar Ju Jabour mas eu sou menino. Obrigado, Danilo Costa, por transformar o meu sonho em realidade! Quero essa camiseta em todos os tamanhos!!!

cdc-der-metropolContei que eu sou viciado nas camisetas da Der Metropol, especificamente as cinza mescla? Tenho todas. Tenho a do urso. Tenho uma que é edição especial, com uma espécie de uma fadinha do rock e não é vendida – o Mario me deu, fofo! Tenho as outras duas da coleção de inverno, uma do coração e a outra das rosas. E vou ter essa.

cdc-ianire-soraluzeAs calças da Ianire Soraluze são muito chiques. A Ianire lê me blog, sabia? Que vergonha! Beijo, Ianire, sua coleção foi linda! Fiquei sabendo que a Gloria Kalil gostou, viu? Adorei as camisas também, chiques, levinhas. Ianire é fina!

cdc-joao-pimentaEu só não digo que o João Pimenta se inspirou em mim nesse desfile que foi o melhor da Casa de Criadores porque não é verdade. Em termos.
HAHAHAHA
Portanto, obviamente, mais uma vez quero 90% daquela arara.

cdc-karin-fellerEu acho esse cara incrível, então isso facilita no processo de eu gostar desse look da Karin Feller. Eu gosto dessa coisa malharia toda largada – infelizmente minha barriga de chope não permite que eu usufrua desse tipo de look. Mas o que importa é saber se alguém tem o telefone desse cara. BRINCADEIRA, gente, acho que ele é hétero. HAHAHA

E por fim, se o inverno 2009 é periguete, o verão é ainda mais: a moda é o vestido Mecê-metê.
Aquele que é justo e vai do “meu cu” até “minhas teta”. Ou seja, que é praticamente um cinto.

É isso. Ufa. Cansei. Beijos, te vejo na Torre!
(As fotos são do Paulo Reis, do Flickr da NaMídia! Passa lá que lá tem mais!)

Embalado no saquê

Um gole (ou vários) de saquê não vão fazer mal pra ninguém, Ofélia, eu juro.

Decidi criar um meme insuportável que se chama QUANDO EU COMECEI A MEXER COM MODA.
É assim, cinco frases:

QUANDO EU COMECEI A MEXER COM MODA Lovefoxxx me foi apresentada como Luísa, e não como Lovefoxxx, e ela era ilustradora, e não cantora.
QUANDO EU COMECEI A MEXER COM MODA Alexandre Herchcovitch já era o máximo, mas minha mãe não sabia quem ele era. De qualquer forma, eu não tinha nenhuma peça do Alexandre Herchcovitch.
QUANDO EU COMECEI A MEXER COM MODA Alexandra Farah tinha cabelo completamente encaracolado e curto e usava um casaco Kenzo maravilhoso que, não sei porque, ela não usa faz séculos.
QUANDO EU COMECEI A MEXER COM MODA a Vic Ceridono começou a mexer com moda também.
QUANDO EU COMECEI A MEXER COM MODA a Torre era o Rabo de Saia, e depois virou Plastic Fantastic, e não a Torre – a Torre já tinha sido a Torre do Dr. Zero, e depois virou a Torre de novo.

Desafio: quero saber o que rolava quando >>
. Simone Esmanhotto
. Adelaide Ivánova
. Vitor Angelo
. Denise Dahdah
. Mary Silver
&
. o puto do Gustavo Garcez, que não tem blog
COMEÇARAM A MEXER COM MODA.

Para quem acha que não sou hippie e não me encontrou na noite de sexta


caossexta 175

Originally uploaded by poneidarci

“Não sei / leia na minha camisa”

Vogue, um lugar bem hipocondríaco

Sabe quem ensinou aquela pose toda torta que todo mundo fala mal para a Carol Trentini? Lu Ramos!
Pelo menos foi o que ele me disse! A pose, para os iniciados, chama-se louva-deus – mas para nós ela está em algum lugar entre cólicas menstruais e dor de barriga.

Veja aí, nós na Torre, aniversário da Ivi, e Lu Ramos mostrou para a gente todo o seu potencial em POSING.


Cólicas.


Bulimia – ou “ai, que dorzinha de dente”


Enxaqueca matadora.

Beware – aniversário da Ivi – 17.08

na falta de um casaco xadrez… dois.

Look Lençóis Maranhenses

O look de hoje:

Repare: dunas, céu e mar!
EEEE!
Perdoem a Carol, que tirou a foto – acho que ela está nervosa com a Tensão Pré-Plantão, a famosa TPP, e a mágoa fez com que ela não conseguisse tirar uma foto com foco.

O tom areia é muito bacana, e eu tô curtindo misturá-lo com azul, uma coisa bem “executivo cafona que usa camisa azul e terno bege”.
A inspiração na verdade é Daiane em Espaço Fashion, a saber:

Se você quiser ser mais cool, fala que tirou da 2nd Floor:

As fotos de desfile são do Charles Naseh / Chic.

E o título saiu da boca da Kika, quando eu fui explicar na hora do almoço a inspiração do meu look.
“Você tá de Lençóis Maranhenses!”.
Ai, amiga, pena que não é um look Madonna para eu já arrasar amanhã na Torre, né?
Droga. Madonna nunca teve uma fase Lençóis Maranhenses.

A pressão DÓI

Então, continuo sumido, mas na verdade eu esqueci que hoje ainda tinha crítica da Casa de Criadores para fazer (a saber, P’tit e Athria Gomes). E também tô meio ressaquinha, porque ontem, como eu disse, fui no Milo. Rendeu até uma passada na Torre (aliás, essas passadas na Torre vêm sendo recorrentes… Estou aqui a pensar se isso é um problema).

Bom, mas o que eu queria dizer é que algumas pessoas vieram elogiar meus textos para o Chic, algo que nunca aconteceu, e sim, eu fico feliz com isso. Bacana esse retorno, né? Até aí, tranquilo… até alguém me ABORDAR no Milo.

– Oi, você é o Jorge? – perguntou a mulher bonitona, de jaqueta preta bem fashion.
– Sou.
– Oi, tudo bem? Eu sou a Letícia Toniazzo! Queria dizer que estou adorando seus textos!

Morri, né? Porque aí escrevi as críticas de hoje só pensando nela lendo, tipo desespero. “Ai, será que vou agradar?”. Não me leve a mal, adorei o elogio (ÓBVIO), mas fiquei supertenso.

É, minha gente. A pressão DÓI.

Obs.: sim, eu já sabia quem era Lelê Toniazzo, o problema é que eu sou um péssimo fisionomista. Se eu passar reto por você na rua, não estranhe: eu não me lembro ou estou distraído e, atente, sou míope. É difícil eu não cumprimentar porque simplesmente não vou com a cara da pessoa – acontece, né, pessoal, não vou negar, mas é raro.