Arquivo da tag: Fause Haten

Saudades

Saudades de quando a gente ia mudar de escola ou ia entrar pra faculdade e tinha a possibilidade de virar uma pessoa completamente diferente. Era a chance do playboy virar nerd, do nerd virar bad boy e da virgem virar periguete. Adorava isso.

Saudades de quando eu achava que existiam pessoas boas e más e era fácil, você optava “sou bom” ou “sou mau” e pronto. Aí eu aprendi o significado da palavra “maniqueísmo” e tudo mudou.

Uma ligeira saudades de Londres que passou em um minuto.

Foi tudo isso que eu senti assistindo O médico e o monstro. Não gosto de musicais em geral mas esse é bem bacana, e achei sinceramente que o Fause Haten fez um figurino bem bom, correto sem ser literal, com umas boas sacadas. Recomendo.

E vê a matéria da Antonia no Blog LP sobre!

São Paulo Fashion Bitch

Com um certo atraso.

OK: amei Alexandre feminino, amei Rosa Chá e achei Alexandre masculino muito emo, mas é só birra minha (é que eu não conseguiria usar um xadrez branco e preto sem pensar nos emos do metrô Liberdade, mas claro que não dispenso aqueles casacos maravilhosos de alfaiataria).
Amei Do Estilista, de coração.
Amei Neon, também, e queria ter uma bata de estampa de borboletas lissérgicas só pra mim.
Amei os acessórios da Gloria Coelho e da Simone Nunes e da Fabia e do Alexandre masculino e da Maria Garcia.
Amei os tricôs da Fabia.
Gostei bastante de Amapô, bastante mesmo, mas não amei como muita gente amou.
Aliás, tô amando os anos 90 da Amapô e da Maria Garcia.
Gostei de Gloria Coelho, mas gostei mais da coleção passada dela.
Eu sou da turma que gostou de Fause Haten – mas não, não gostei dele cantando.
Tô amando tricôs, mas sou alérgico.
Não assisti Osklen.
Não assisti Isabela Capeto, mas gostei.
Achei Cavalera meio fraco.

Beijos.