A vida não é filme / Você não entendeu

Ela coloca um elástico prendendo os cabelos desajeitadamente – um terço dos fios continua caindo na sua cara. Arregaça as mangas apressadamente enquanto joga peças de roupa dentro da mala. Fala sozinha:
– He doesn’t know my bed. What does he know about me?
Pára por um momento, pensativa. Corre pra uma gaveta da estante, a abre e começa a procurar em desespero por algo que ela não pode esquecer.

***

O velho caubói acende um cigarro de palha, olhos apertados fixos nela. Ele tem uma barba enorme. Reflete enquanto traga e solta a fumaça. Ela enxuga o rosto, pronta pra escutá-lo.
Ele pergunta:
– Are you sure about that, honey? Coz you look like someone who’s not sure at all.
Ela vira o rosto de lado, como se tivesse um problema de memória e precisasse lembrar de algo que aconteceu há exatos 5 meses.

***

A moça usa cabelo curto, roupas insinuantes que lhe caem bem – quase vulgar. Divertida, rindo, a pega pela mão e a leva pro fundo do bar enquanto grita – o som de sua voz brigando com o da jukebox:
– Of course you’re gonna like them, they are my friends! We’re like a gang! So funny, so fresh! It’s almost like the Factory crew but without Warhol!
Ela se deixa levar. Está sendo puxada – quase quer ir. Fala baixo demais pra que a outra ouça:
– I can’t hardly wait.
Mas seu rosto demonstra que ela poderia esperar por mais 23 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s