Também achei um texto muito fofo

“Lembro de quando Ana me levou pra Praça do Pôr do Sol. Não conversamos.
Eu pensei em parar de escrever mas antes quero registrar aqui que ela é dez, e que eu gostaria de dirigir para levá-la lá também. Ia ser muito bom.
Isso que eu precisava para começar a querer dirigir. Um motivo poético.”

Ainda lembro desse dia nitidamente.

Eu tinha surtos sem motivo, ficava prostrado, meio paralizado, nessa época.
Minha irmã foi me buscar esse dia na escola, e me levou pra Praça do Pôr do Sol.

Aí eu fui fazer aulas na autoescola. Aí não passei na prova prática, e esqueci o motivo poético, e desisti pra sempre.

:/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s