Enquanto isso, em casa: sessão cinema

Bom, nervo doendo horrores, o jeito é ficar em casa. Assisti filminhos. Meninas malvadas é ótimo pra essas coisas, Clube dos cinco e A garota de rosa shoking são ideais pra esse tipo de situação – dos 3, só Meninas malvadas que eu ainda não tinha visto.
Lindsay Lohan não convence muito como a garota bacana, né? Ela é muito mais uma das meninas malvadas mesmo.
Agora, legal foi poder comparar o cinema de adolescente pra John Hughes com esse Meninas malvadas. Definitivamente, Hughes mandava BEM melhor. Clube dos cinco é obra prima, tipo faz você pensar até hoje, é angústia adolescente chata levada à sério, eu adoro. O bad boy na verdade é frágil, o nerd é na verdade bacana, a freak na verdade é uma gatinha que conquista o coração do esportista… Todo mundo tem mais de um lado, mais de dois. Personagens incríveis, todos despertam a empatia de quem assiste. Já A garota de rosa shoking inclui uma “guerra de classes” na história sem parecer panfletário nem bobinho. A preocupação da personagem de Molly é real, ela não está apenas fingindo-se de preocupada com a diferença entre o dinheiro que ela e o mocinho têm. O drama é paupável. Fora que o figurino é maravilhoso, né?

Meninas malvadas é divertidinho. Ensina como é ruim mentir e enganar os coleguinhas. Os de Hughes não ensinam, não são didáticos, são histórias interessantes e por isso talvez me pareçam bem melhores.
Ou talvez os tempos estejam mais babacas, mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s