Sobre o que é blog e o que não é

Ainda se discute isso em outros lugares fora o meio fashion?

A resposta é… não.
Fiz um comentário no blog da Lilian Pacce – que causou polêmica porque muita gente que estava no Pense Moda acha que NÃO é um blog porque não tem uma opinião pessoal – como se isso fosse o que torna um blog… blog ou não.
Ah, então blogs que não são opinativos não são blogs? Essa discussão is so autumn / winter 2005.

Na íntegra, o comentário:
Achei essa discussão meio ultrapassada – aliás, como a grande parte da discussão. Blog é uma ferramenta, e nos outros meios nem se discute mais seu conceito. Ele é rápido e tem tudo a ver com o ritmo de internet. Vcs são uns dos mais rápidos na publicação de notícias – e não é isso que importa?

Agora, uma discussão sobre como essa rapidez afeta a moda, quais são os prós e contras, o que a moda poderia ter a ganhar com isso – todos esses pontos ficaram relegados a segundo plano. Achei o resultado final ingênuo, uma prova de que o povo da moda está um pouco ultrapassado no “pensar”… Enfim, é a minha opinião.

Acrescento: os blogs de música estão afetando de maneira direta a música – eles disponibilizam MP3, são ótima ferramenta para descobrir nomes novos que surgem, democratizam o gosto, os parâmetros. Blogs de cinema também são uma maneira incrível de descobrir filmes interessantes que não chegam por aqui, cinematografia de outros lugares, outras praias, outros contextos.
Blogs de moda são, em sua maioria… “wannabe mainstream“. Não são meios alternativos – pelo menos aqui no Brasil, não os vejo assim. Não existem para isso. Sempre digo para os alunos dos cursos de jornalismo de moda que eu dou: tem blog especializado em sapato? Tem blog especializado em bolsa? Tem blog especializado em marca barata? Tem blog especializado no Bom Retiro? Tem blog especializado de alguma maneira?
Pouquíssimos. Especializados em liquidação, em moda de rua… Mas ainda estamos bem pra trás. Fikdik, você, que quer ser blogueiro. Ainda tem MUITO ESPAÇO.

13 Respostas para “Sobre o que é blog e o que não é

  1. concordo contigo em ainda é tempo e tem muito espaço pra muitos blogues, ams acho que se um jornal se intitular revista vc vai chiar ou achar estranho, ou um carro ser nominado de moto, vc irá discordar.
    a discussão não é passada não, basta pensar que no sucesso do blog da lilian que é excelente, mas não vejo a cara dela mais pessoal lá- e eu a conheço bem – e não tem a voz direta dela ali, tem a Lilian que a gente conhece por jornal e televisão
    muita gente outsider elogia o blog da Lilian por ser blog, quando o foco é o conteúdo fantasiado de uma suposta modernidade que o nome blog hoje dá. esse não é o foco, acho que existe um erro crasso – ainda mais da Lilian que corrige até erro ortográfico pense o conceitual – e por isso a discussão, apesar de aparentemente pueril não é bobagem.

  2. resposta procê no seu blog 😉 bjs

  3. Eu amei o texto, mas também concordo com o Vitor. Não chego a achar ultrapassada, mas também tenho minhas dúvidas se um blog precisa mesmo ser opinativo. É que ao meu ver, os veículos mainstream de moda ficaram tão sem opinião ou com o rabo preso, que caberia aos blogs dar esse espaço para opiniões mais sinceras e espontâneas, não?

    Será que não é essa a grande contribuições dos blogs de moda? Além, é claro de dar espaço para outros assuntos, não necessariamente opinativos que não chegam no mainstream? Penso que mais do que a opinião, o blog é acima de tudo uma questão pessoal, bem aquela história da individualidade que o Vitor falou lá na palestra. Por isso que me questiono com o blog da Lilian. Pq a gente que conhece as pessoas que trabalham lá, sabe que no fundo o blog/site tem muito mais a cara de quem escreve lá de fato, do que da Lilian.

    Acho que é isso… tenho que pensar mais, na verdade… Bjos! Ah, e acho seu blog um super case de sucesso! Me dá um autógrafo?

  4. Pingback: PENSE MODA: O QUE É BLOG? « dus*****infernus

  5. Luigi, amor, meu blog NÃO É UM CASE DE SUCESSO, o seu tem mais audiência que o meu com certeza. HAHAHAHA

    BTW: o blog nasceu, como eu já disse, como uma ferramenta. Se ele é pessoal ou não, chama blog – ele pode, na teoria, se tem esse sistema de publicação, ser chamado de blog. Para mim, blog é isso! 😉

  6. Como assim???? O meu é especializado em Bafo! Isso não conta no meio da moda???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. AH, ÉÉÉ, TEM ESPECIALIZAÇÃO EM BAFO! ADORO! hahahahaHAHAHAHAAAA

  8. ai, e eu que sou super maria vai com as outras? concordo com vc com oliveros e com vitor/luigi. e a cada post eu tenho ficado mais inteligente. MAS AQUI, eu amei os seus questionamentos sobre blogs de moda – porque vc não fez essas perguntas lá? não oa ter sido legal? porque agora, sem microfone, eu fiquei com fama de rasa, néam? e ia ter sido muito muito legal pensar nessas coisas lá, em grupo. vamos marcar um pense moda dus infernus alternativo pra conversar? =)

  9. rasa é a sua avó
    vamos
    HAHAHA
    com saquê, senão não penso direito

  10. ai, te adoro, jórgi. vc ganha prêmio revelação todo ano comigo. =)

  11. Pingback: um pouco mais sobre blogs… » About Fashion

  12. Pingback: Casa de Criadores - mas há o que criar? » About Fashion

  13. Pingback: Turn Back Time - um pouco mais sobre blogs » About Fashion

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s